Artista/Banda: Turvos

Os Turvos são um alfacinha (de Lisboa) e uma mafarrica (de Mafra) que se conheceram a beber tequilha na Ericeira e que se tornaram um casal pouco tempo depois. Passado mais de 10 anos continuam juntos, mas sem beberem tequilha. Ela prefere moscatel, ele cerveja.

Todas as músicas (e arte) que vão ser lançadas com o nome de Turvos são feitas por nós no nosso estúdio/sala-de-estar/escritório/quarto-de-hóspedes.
São músicas que mostram o nosso quotidiano, os nossos sentimentos e as nossas frustrações, logo, extremamente pessoais.
São músicas inicialmente feitas apenas para nós e que nós gostamos de ouvir, com todas as nossas influências lá enfiadas pelo meio, desde o pop ao black metal, passando por tudo o que está no meio.

Apesar de tudo isso, achamos (ela achou) que não fazia sentido deixar tanto trabalho esquecido numa gaveta fechada e se era para continuar a fazer música pelo menos mostrávamos a quem quisesse ouvir.

Não somos músicos profissionais, nem tão pouco sabemos de produção profissional de música, longe disso. A nossa experiência no mundo musical fica-se por coros de igreja e bandas punk, mas, como bons portugueses vamos-nos desenrascando.