Silva nunca perdeu a capacidade de capturar a sua poesia em melodias perfeitamente pop. Tudo se encaixa, o preciosismo da sintonia entre as letras e os sons que as envolvem.

O sucessor de “Claridão” (2012) e “Vista pro Mar” (2014) tem por nome “Júpiter“, o terceiro disco de estúdio do capixaba. O single de avanço foi produzida pelo próprio. O seu amor poético foi mais uma vez musicado numa actualização muito própria da MPB, refrescada com batidas eletronicas e leves guitarras como cenário mais que coeso. “Eu Sempre Quis” já ganhou vídeo. A harmonia do amor… Em planetas:

https://youtu.be/ne7xMq2kN4c

Mais deste artista:
Facebook