O diário videográfico do trabalho de um ano de gravações e ensaios dos Capitão Fausto. O partir do nada para um trabalho pronto e embalado.

O vídeo mostra que um álbum não se faz em 20 dias, mesmo durando 3 minutos e alguma coisa. Aliás, sabiamente, este documento em movimento faz parte da obra final. As imagens que estão aqui foram sincronizadas com uma letra que evoca sacrifício em prol do que se acredita. E falo sacrifício porque estou do lado de fora.

Para mim, um ano de trabalho pode demorar a passar, mas não para quem vibra com o que está a fazer.

 

Capitão Fausto: “Morro na Praia” (via YouTube)

——